09 de março de 2018

SindusCon-SP lança iCON, primeiro hub de inovação da construção do Brasil

Iniciativa vai oferecer cursos, acelerar projetos de startups e promover hackathons e rodadas de negócios

SINDUSCON-SP
O SindusCon-SP lançou no dia 22 de fevereiro, durante a Construtech, o iCON, primeiro hub de inovação da construção do Brasil. A iniciativa vai oferecer cursos, acelerar projetos de startups e promover hackathons e rodadas de negócios para tornar o setor mais inovador, colaborativo e eficiente.
Para o presidente do SindusCon-SP, José Romeu Ferraz Neto, o iCON é uma quebra de paradigma. “Nosso setor é carente de inovação e temos um mundo de oportunidades.”
Palestrante principal do evento, o vice-presidente do SindusCon-SP, Francisco Antunes de Vasconcellos Neto, apresentou dados que mostram o potencial de crescimento em produtividade que a inovação pode agregar ao setor. “O Brasil foi o segundo país que mais perdeu produtividade no mundo de 1995 a 2015, mesmo tendo um período de boom econômico por um período de três anos.”
Segundo Vasconcellos Neto, o Brasil tem perspectiva de crescimento nos próximos anos, apesar de algumas incertezas econômicas e insegurança jurídica. “Precisamos reduzir nossa dependência do poder público e para isso precisamos de novas cabeças, ideias e start-ups que nos ajudem a discutir os desafios e propor melhorias para a construção.”
Inovação
O iCON nasce para seu um ponto de conexão do ecossistema da construção, unindo indústria, comércio e serviços do setor com a academia, empresas de tecnologia da informação e comunicação, startups, e investidores e entidades de fomento da inovação.
“As empresas da construção e as cidades têm demandas que não são atendidas por nenhum modelo de inovação existente. É necessário apresentar uma grande evolução em práticas, processos e tecnologias utilizadas, testar novos modelos de negócios colaborativos e qualificar a mão de obra”, explicou Vasconcellos Neto.
Instalado na Santa Cecília, no centro de São Paulo, o SindusCon-SP dedicará 700 m² divididos em três andares, com 160 posições de trabalho, Maker Space e Fab Lab, auditório e espaço de eventos para receber 10 projetos residentes em um ambiente inovador, eficiente e colaborativo. O projeto conta com a consultoria e execução da Spinafre, empresa especializada em desenho e validação de programas de inovação corporativa.
“Vamos acelerar para deixar de ser um setor engessado para sermos mais inovadores. Temos orgulho de nosso passado, mas estamos de olho no futuro”, finalizou o vice-presidente do SindusCon-SP.

Leia na biblioteca do ENGENHARIA COMPARTILHADA:

© 2013 - Todos os direitos reservados DIAGRAMA MARKETING EDITORIAL


Loading