07 de junho de 2019

CCR Mobilidade pretende investir R$ 22 bi em 5 concessões na área de mobilidade

Fernando Galfo - Ferroviando
No mesmo dia da inauguração da Estação Campo Belo da Linha 5 Lilás, em 8 de abril de 2019, o Grupo CCR realizou o “CCR Day“. De acordo com a CCR o evento é “voltado para investidores e analistas nacionais/estrangeiros que acompanham as ações da companhia no mercado de capitais“. E a CPTM foi bastante citada.

Mais de 400 pessoas participarem do evento, incluindo o Governador João Doria, que comentou sobre a postura do atual governo de acreditar na parceria com a iniciativa privada para o desenvolvimento da infraestrutura no Estado.

Tivemos acesso à apresentação completa e nela notamos que a CCR Mobilidade vê como oportunidade 5 concessões na área de mobilidade, sendo 4 delas em São Paulo. O investimento é da ordem de R$ 22 bilhões.

CCR Mobilidade
Luis Valença é o novo diretor vice-presidente de Negócios da CCR Mobilidade. Ele vai acumular os cargos de presidente da ViaQuatro e ViaMobilidade, que ocupa desde agosto de 2018. A informação foi dada pela Revista Ferroviária na edição de março/abril de 2019.

Confira o que foi apresentado no CCR Day sobre a CCR Mobilidade:

Linha 8 Diamante e 9 Esmeralda da CPTM
Essa concessão já está com os estudos avançados e a Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) pretende divulgar o edital até o final do ano. De acordo com o Secretário Alexandre Baldy “não é uma promessa. é um compromisso“

A CCR pretende investir 3 bilhões na concessão durante os 30 anos de concessão. Pelos dados apresentados existe um potencial de 1.500 mil passageiros/dia. Atualmente são 1.000 mil passageiros/dia.

De acordo com a apresentação, a consulta pública foi autorizada e está sendo aguardada a minuta do edital.

Um detalhe chamou a nossa atenção no slide. Notem que há 3 estações em Projeto na Linha 8 Diamante: Bom Retiro, Pompéia e Água Branca.

A ideia inicial da Estação Água Branca na Linha 8, era para ser um modelo parecido com o da Estação Barra Funda, com integração com a Linha 7 Rubi. Era também cotada para ser estação inicial do Trem Intercidades (TIC) e pelo que foi apresentado temos a confirmação.

Já na Linha 9 Esmeralda a em “projeto” é a Estação João Dias.
 
 
 

Linha 7 Rubi da CPTM e TIC até Americana
Sobre a concessão da Linha 7 e do Trem Intercidades já falamos por diversas vezes aqui no Ferroviando como quando o Governador João Doria foi até Brasília.

Também quando o Secretário Alexandre Baldy comentou sobre a Estação Barra Funda ser remodelada para o Trem Intercidades. E sobre o edital do TIC sair ainda em 2019

Em nosso último artigo divulgamos que o Doria em NY apresentou o TIC e a concessão da Linha 7 para investidores internacionais.

Em 21 de maio de 2019, o Vice-Governador Rodrigo Garcia comentou sobre o Trem Intercidades a um grupo de jornalistas do interior do Estado de São Paulo:

Nós dependíamos do governo federal sobre um aditivo contratual, que sairá agora no mês de julho e era premissa para que o governo pudesse licitar o Trem Intercidades. Já temos um estudo de modelagem avançada, e no final do ano colocaremos o edital de consulta pública para ser avaliado, um projeto de PPP, para que no primeiro semestre do ano que vem o projeto seja licitado. É um projeto de R$ 5 bilhões, mas que faltava o essencial: poder fazer. E agora podemos

Voltando à apresentação, a CCR pretende investir 7 bilhões na concessão durante os 30 anos de concessão da Linha 7 e no TIC. Pelos dados apresentados existe um potencial de 750 mil passageiros/dia. Atualmente são 500 mil passageiros/dia.

Como dissemos acima, podemos confirmar que a Estação Água Branca será a estação inicial do TIC. Repare na legenda da imagem. Com isso a remodelagem de Barra Funda, conforme link acima, provavelmente foi descartada. Veja que a fonte da informação do slide é o “Governo do Estado de São Paulo“.
 
 

Linhas 11 Coral, 12 Safira e 13 Jade
Essa proposta de concessão das linhas da CPTM, já havia sido vista em outra apresentação da “CCR 13” em novembro de 2017.

Na época constava que o formulário de Submissão de PPP foi apresentado em 31/10/2017.

Na ata da reunião do Conselho Gestor das Parceiras Públicos Privadas (CGPPP) do dia 1 de novembro de 2018, final da gestão Márcio França, foi publicado no Diário Oficial em 15 de novembro de 2018, o seguinte: “sobre o projeto de concessão das Linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade da CPTM (“Expresso Aeroporto”), os Conselheiros entenderam presentes os motivos que demandam as providências descritas no artigo 33, inciso II, do Decreto Estadual 61.371/2015, sem prejuízo de eventual retomada dos estudos uma vez que equacionados e solucionados os desafios existentes para sua concretização

O artigo 33, inciso II, do Decreto Estadual 61.371/2015, diz “a ausência de manifestação pelos órgãos e entidades da Administração Pública mencionados neste decreto caracterizará falta de interesse, por parte da última, no projeto apresentado.

Questionamos o Secretário Alexandre Baldy no evento de início das obras da Estação Varginha da Linha 9 Esmeralda em 11 de maio e ele comentou sobre a concessão das Linha 11 Coral, 12 Safira e 13 Jade:

Hoje, nós não estamos mencionando e não estamos analisando a concessão da Linha 11, da Linha 12 e da Linha 13. É um conjunto de linhas que transportam passageiros da Zona Leste da região metropolitana de São Paulo. Nós melhoramos a Linha 11 com investimentos em 99 dias para a realização do todo horário de trabalho da CPTM para que não haja baldeação, a troca do trem, Guaianazes. Nós continuamos investindo na Linha 12 em solapamento de via que ocorrem. Investimentos que são necessários para melhoria da infraestrutura para que a gente consiga também ter qualidade na Linha 11 e na 12. E a Linha 13 que faremos o anúncio dentro dos próximos dias pelo Governador João Doria para que tenhamos o acesso definitivo para o Aeroporto de Guarulhos”.

Ainda assim o Grupo CCR lista a concessão em sua apresentação.

A CCR pretende investir 4.5 bilhões na concessão – sem duração informada. Pelos dados apresentados existe um potencial de 1.200 mil passageiros/dia. Atualmente são 800 mil passageiros/dia.
 

Linha 10 Turquesa e TIC Santos
Semana passada, em 23 de maio, o Governador João Doria em entrevista coletiva para apresentação de polos de desenvolvimento regional citou o Trem Intercidades até Santos:

“também a implantação, na área ferroviária, do ferroanel e das duas linhas já autorizadas pelo Governo Federal, que serão implementadas neste segundo semestre, ligando Santos-São Paulo-Vale do Paraíba, Santos-São Paulo-Região Metropolitana de Campinas até Americana.

Essa é a concessão que aparentemente é a última da lista. Há poucas informações sobre ela, mesmo na apresentação da CCR. Não há dados de demanda nem de investimento privado. O status dela é “necessidade de PMI para aprofundamento dos estudos“.

Eu pessoalmente acho a ideia do TIC Santos muito interessante, fazendo integração com o VLT. Acredito que a demanda será alta, inclusive aos finais de semana onde pessoas poderiam passear no litoral sem pagar o alto custo de pedágio e gasolina. Além de não pegar trânsito.

Mas até lá tem muito o que ser feito na Linha 10. Como trens novos e as Prefeituras realizarem obras para evitar o alagamento da região que tem impacto direto na faixa de domínio da CPTM.
 
 
 

© 2013 - Todos os direitos reservados DIAGRAMA MARKETING EDITORIAL


Loading