Empreendimentos imobiliários

Capítulos 123456789

Capítulo IX:
Gestão de projetos

Dar início ao contrato de execução do empreendimento com abertura do Livro de registro de ocorrências, nas diversas frentes de trabalho, tão logo a empresa participante tenha recebido do empreendedor os projetos executivos, identificados com carimbo padronizado e ordem de serviço.

Manter sempre atualizado o Livro de registro de ocorrências, com as informações e/ou as recomendações à empresa participante sobre providências a serem adotadas, estabelecendo um prazo máximo de dois dias úteis, para eventuais atrasos nas anotações.

Se anotarão os feitos mais importantes incluindo, entre outros:

·       relação das fontes de materiais que estão sendo aplicados;

·       relação de fornecedores e subcontratados;

·       cópias de resultados de ensaios e de registros da qualidade;

·       cópia de comunicações entre o gestor e o participante;

·       cópia de informe do avance dos trabalhos;

·       cópia das medidas mensais;

·       cópia do cumprimento do calendário de avance;

·       relação dos eventos que afetam o cumprimento do calendário de avance dos trabalhos;

·       qualquer outro documento útil para documentar o processo de evolução.

O Livro de registro de ocorrências deverá levar-se em original. Adicionalmente, deverão ter jogos de cópias, as páginas deverão estar legalizadas, notadamente numeradas, gradativamente, podendo adotar-se o sistema mecanizado de folhas soltas.

A equipe de gestão de projeto e a empresa participante terão livre acesso ao Livro de registro de ocorrências durante a execução do empreendimento e os originais ficarão com o gestor e um jogo de cópias em poder do participante.

Acompanhamento da execução de cada etapa do empreendimento, zelando pelo cumprimento das determinações pertinentes a cada uma, compreendendo também a liberação de etapas e de fases executivas em geral, após a execução e a aprovação da sua conformidade e dos ensaios correspondentes a cada etapa ou vistoria do serviço e procedendo à respectiva anotação no Livro de registro de ocorrências.

·    análise do planejamento do participante com ênfase nos cronogramas executivos do empreendimento;

·    acompanhamento da execução do empreendimento, por exemplo, infraestrutura, superestrutura, obras de arte, obras de arte correntes e dos serviços (citar os principais) quanto a: conformidade com projetos e especificações, qualidade, prazos, cumprimento das determinações ambientais; cumprimento das normas de segurança, medicina e higiene do trabalho;

·    verificação sistemática das principais etapas de evolução dos serviços, compreendendo também a liberação seguinte desde que haja aprovação da sua conformidade e dos ensaios correspondentes;

·    acompanhamento e execução dos controles tecnológicos, com apoio da equipe de campo e do laboratório da supervisora, por exemplo: geotécnico, topográfico e geométrico;

·    solicitação ao participante para a realização de ensaios complementares;

·    as divergências ou não conformidades dos serviços, dos controles e do controle tecnológico serão anotadas no Livro de registro de ocorrências, sendo comunicado ao participante, com prazo para solução e nova data para verificação e, nos casos de não cumprimento, encaminhados ao empreendedor;

·    acompanhar e tomar providências relacionadas a problemas com as sistemáticas construtivas (projetos, métodos construtivos), solicitando a presença de consultores especializados;

·    acompanhamento das suficiências e de acordo com os cronogramas das equipes de produção: equipamentos e mão de obra;

·    elaboração de medições de campo e de projeto, com apoio da equipe de topografia;

·    elaboração de relatórios.



© 2013 - Todos os direitos reservados DIAGRAMA MARKETING EDITORIAL


Loading