Empreendimentos imobiliários

Capítulos 123456789

Capítulo IX:
Gestão de projetos

A equipe de gestão de projeto realizará análise crítica do plano da qualidade do participante, tendo como elemento balizador o conjunto de procedimentos e instruções organizados de maneira lógica e correta de tal maneira que garantam a execução do empreendimento, dos serviços e do fornecimento de equipamentos e materiais, contemplando os requisitos do projeto executivo, dentro do prazo previsto e atendendo aos padrões de qualidade específicos por meio de inspeções e testes.

Dentre as atividades que estão sob a responsabilidade do participante, a equipe de gestão de projeto observará a forma de planejamento e as ações que possam assegurar a execução do empreendimento sob o aspecto da qualidade, destacando-se, entre outras, as seguintes:

·    coordenação da implantação do sistema da qualidade para os projetos ora contratados:

ü     a empresa possui um sistema adequado da qualidade.

·    planejamento das atividades da qualidade em função do cronograma físico-financeiro:

ü     elaboração do cronograma físico, com a produtividade necessária para cumprir no prazo de execução;

ü     análise previsto/realizado e, em função desta, tomar as providências, como redefinir pessoal, equipamentos, entre outros, para garantir a conclusão no prazo contratual.

·    planejamento das atividades de qualificação dos fornecedores:

ü     ser um fornecedor tradicional da empresa;

ü     ter sido certificado ou qualificado por um grupo certificador;

ü     pontualidade na entrega dos produtos;

ü     qualidade por meio de relatórios de avaliação dos fornecedores.

·    planejamentos das atividades de qualificação voltadas à análise dos projetos de engenharia, no controle de documentos e desenhos de projeto, principalmente atualizações das revisões:

ü     controle de projeto tem como objetivo garantir que as atividades de gestão na execução do projeto se desenvolvam de forma planejada e controlada, assegurando que as medidas necessárias tenham sido tomadas de forma que os requisitos do projeto básico, das normas em vigor, dos procedimentos e dos memoriais foram analisados garantindo a consistência dos dados de entrada do projeto com os dados de saída, contemplando todas as atividades técnicas operacionais por meio de verificações, validação, metodologia de alteração, controle e distribuição, metodologias de análise e soluções de erros e a elaboração do as built;

ü     as atividades de planejamento da estrutura de coordenação do projeto e elaboração do cronograma executivo são executadas de maneira a garantir o desenvolvimento do projeto dentro das necessidades do cronograma executivo do participante, garantindo o atendimento dos prazos estabelecidos pelo cliente;

ü     as medidas necessárias, que garantem que os requisitos das normas em vigor bem como os critérios básicos para o projeto foram adequadamente consolidados em desenhos e procedimentos escritos, instruções e documentos de projeto, são executadas logo após a definição das responsabilidades da equipe designada para a elaboração do projeto e é formalizada por relatórios;

ü     as verificações dos desenhos, dos memoriais de cálculo, das especificações de materiais e de outros documentos relativos ao projeto são analisadas criticamente por pessoas diferentes daquelas que os elaboraram, e a centralização das informações está sob a responsabilidade da coordenação do projeto. Esta atividade é realizada em um processo contínuo de elaboração, verificação e comentários até a aprovação final;

ü     todas as mudanças nos desenhos do projeto executivo são executadas respeitando o ciclo de elaboração, verificação e aprovação definidos no item anterior;

ü   toda documentação distribuída aos responsáveis pela elaboração dos projetos executivos é distribuída controladamente, evitando-se assim a utilização de documentos obsoletos na execução dos serviços;

ü     todos os desenhos em fase de elaboração ou elaborados são arquivados, tanto em papel quanto em meio magnético, de forma controlada e sistemática pela área de documentação da coordenação do projeto, garantindo sua integridade e pronta recuperação quando necessário;

ü    todas as pessoas responsáveis pela verificação e pela aprovação dos projetos são identificadas pela lista de nomes, assinaturas e alçadas, de tal forma que não exista um vínculo hierárquico direto entre o responsável pela elaboração, pela verificação e pela aprovação dos projetos;

ü    todas as alterações de projeto feitas em campo são tratadas de maneira sistemática, de tal forma que se garanta a transcrição de todas estas informações para o as built.

·    planejamento das atividades de qualificação dos serviços de topografia:

ü  instrumentos adequados;

ü  equipe especializada.

·    planejamento das atividades de qualificação dos serviços de controle tecnológico e laboratório de ensaios tecnológicos:

ü  análise crítica dos resultados de ensaios tecnológicos;

ü  análise de não conformidades e propostas de disposição;

ü  coordenação da qualificação do pessoal no canteiro do participante;

ü  coordenação de ações corretivas e preventivas;

ü  compilação e controle da documentação da qualidade;

ü  implementação de ações corretivas oriundas de auditorias internas;

ü  elo de comunicação das atividades da qualidade para a coordenação geral da qualidade;

ü  análise da capabilidade e calibração dos instrumentos de medição e ensaios;

ü  elo de comunicação com o representante da supervisão.

·    laboratório de ensaios tecnológicos:

Tem a função de executar todas as atividades de controle tecnológico definidas no plano da qualidade e nos planos de controle, garantindo que eles sejam executados por pessoal qualificado utilizando as normas brasileiras específicas e equipamentos devidamente calibrados de tal maneira que seus resultados sejam confiáveis, podendo atestar o grau de qualidade dos materiais, dos equipamentos e dos serviços testados.

Dentre suas atividades destacam-se:

ü     realização e acompanhamento de todos os ensaios tecnológicos definidos no plano da qualidade durante a execução dos trabalhos do proponente;

ü     emissão dos relatórios e dos resultados de controle tecnológico realizado;

ü     emissão dos relatórios de inspeção de recebimento de materiais e componentes.

·    planejamento das atividades de qualificação dos serviços de execução das estruturas dos componentes do empreendimento:

ü     qualidade do participante como um todo, resultante da qualidade na execução de cada serviço específico que faz parte do processo de produção;

ü     procedimentos de caráter prático, desenvolvidos com base nas normas técnicas brasileiras, na experiência acumulada dos técnicos de diversas áreas da empresa, como obras, projeto, planejamento e manutenção;

ü      registros em formulários específicos e simples;

ü      ações rápidas no reparo prévio de eventuais falhas, garantindo a satisfação dos clientes externos.

·    planejamento das atividades de qualificação relacionadas ao diligenciamento e às inspeções de recebimento no fornecedor:

ü     materiais e componentes recebidos e inspecionados no ato do recebimento;

ü     área de segregação prevista na instalação do canteiro;

ü     armazenamento do material aprovado;

ü     garantir a rastreabilidade dos registros de inspeção dos respectivos materiais, equipamentos e serviços inspecionados.



© 2013 - Todos os direitos reservados DIAGRAMA MARKETING EDITORIAL


Loading