Visão sistêmica, características, país, engenharia e abrangência do portal

Capítulos 123456

Capítulo II:
Participação do engenheiro na sociedade

Inegavelmente o engenheiro contribuiu e vem contribuindo para o desenvolvimento da sociedade. São incontáveis as realizações positivas para a humanidade oriundas da engenharia. Porém, como vimos nas observações do seminário "Reconstruindo a Engenharia”, temos que percorrer um longo caminho.
A sociedade pouco conhece o que é engenharia, apesar de ela estar presente em todas as atividades e em todos os setores do consumo humano.
Normalmente a sociedade enxerga a edificação, a infraestrutura, o automóvel, o trem, entre outros tantos, mas não a engenharia participativa ali agregada.
A falta de compreensão da natureza da profissão muitas vezes torna difícil convencer a sociedade sobre a importância da engenharia.
Em primeiro lugar, garantir uma formação adequada na universidade, que contribua para que o formando possa exigir a sua valorização ao atuar no mercado.
Necessita-se ainda de uma mobilização geral, que parta das instituições, passe pelos engenheiros e atinja toda a população.

A forma como o Brasil superou a crise financeira, emergindo em grande estilo e por isso ganhando reconhecimento internacional, é a certeza de que o país está mais forte do que muitos imaginavam.

Revela-se de suma importância, fundamental, que voltemos com tenacidade e grandes esforços a uma sociedade justa e desenvolvida, apoiada por uma engenharia atuante, de modo competente e consciente de um desenvolvimento sustentável.

Entende-se por desenvolvimento econômico o aumento sustentado da produtividade ou da renda por habitante, acompanhado por sistemático processo de acumulação de capital.

De acordo com BRESSER (2006), os dois fatores fundamentais que determinam diretamente o desenvolvimento econômico são a taxa de acumulação de capital em relação ao produto nacional e a capacidade de incorporação de progresso técnico à produção.

Portanto, em uma Visão Sistêmica de país, o engenheiro deve participar na formulação do planejamento estratégico e na execução dos projetos: nas áreas governamentais (federal, estadual e municipal), agências reguladoras, iniciativa privada, concessões, entre outras tantas.  



© 2013 - Todos os direitos reservados DIAGRAMA MARKETING EDITORIAL


Loading