A primeira casa impressa em 3D com formas orgânicas entra na fase de desenvolvimento

ArchDaily
O projeto que recebeu o primeiro prêmio no  The Freeform Home Design Challenge em 2016 está se aproximando um pouco mais para se tornar realidade. Desde que ganhou o concurso, o escritório de Chicago, WATG, vem desenvolvendo o projeto, denominado Curve Appeal, junto a Branch Technology. Curve Appeal está passando pela "fase de teste, pesquisa e desenvolvimento" com o objetivo antecipado de iniciar a construção ainda este ano. Este projeto revolucionário poderá mudar a forma como construímos estruturas complexas e de formas orgânicas.
O projeto inspira-se nas Case Study Houses desenvolvidas entre 1945-1966. O programa Case Study House se esforçou em reinventar a casa moderna usando técnicas de construção mais fáceis e menos dispendiosas. Muitos dos arquitetos do programa foram celebrados por sua inovação em materiais minimalistas e a integração de espaços abertos que maximizavam a luz natural. "Empregando muitos dos mesmos princípios de projeto modernistas, Curve Appeal é o próximo passo evolutivo" nos projetos residenciais modernos.
 
A inovação no processo de impressão em 3D abre a porta à criação de formas  mais complexas, tornando-as muito mais fáceis e menos dispendiosas de construir. "A forma arqueada proporciona rigidez estrutural à residência, usando vários pontos de mola em toda a planta, permitindo que a estrutura receba cargas da cobertura e proporcione plantas abertas e amplas, moldando estruturas de novas formas sem quaisquer restrições".
Ao alistar os serviços da Thornton Tomasetti, a equipe vem testando vigas de teste e seções de parede parciais para examinar suas capacidades de carga. Em testes genéricos de vigas impressas, uma peça de um metro poderia receber uma carga de aproximadamente 1630 kg, pesando pouco mais que 2 quilos, explicaram os arquitetos. As qualidades máximas de carga de cada membro impresso individual serão a próxima etapa de teste.
Além disso, alistar o trabalho do United States Gypsum, WATG e Branch Technology têm pesquisado "uma variedade de componentes de materiais de gesso (incluindo espuma de gesso e outras soluções inovadoras fornecidas pelo departamento de pesquisa e desenvolvimento dos Estados Unidos)" que poderiam ser aplicado à estrutura impressa para funcionar como proteção contra fogo, reforço estrutural e para criar um substrato para a aplicação de outros materiais de acabamento de parede. A tecnologia WATG e Branch também envolveu a Interface, uma empresa de design mecânica, elétrica e de encanamentos de alto desempenho, "projetando um sistema mecânico passivo com o objetivo de tornar a casa zero energia".
 
A poucos passos do rio Tennessee em Chattanooga, o terrreno do Curve Appeal permite que o edifício se funda perfeitamente na área arborizada, enquanto também está protegido contra o ganho de calor solar. "WATG está atualmente produzindo desenhos detalhados e trabalhando em colaboração com a Cidade de Chattanooga para garantir que o projeto avance de acordo com a linha de tempo pretendida".

Leia na biblioteca do ENGENHARIA COMPARTILHADA:

© 2013 - Todos os direitos reservados DIAGRAMA MARKETING EDITORIAL


Loading