A Engenharia Civil e as inovações tecnológicas

O Município
As interações entre tecnologia, indivíduos, organização e ambiente externo são entendidas como determinantes para que novos produtos ou sistemas construtivos sejam implantados com sucesso. O objetivo deste trabalho é discutir as barreiras da adoção e difusão de inovações na construção civil.
A inovação tecnológica, imperativa em todos os setores industriais, se faz necessária na atualidade de um ambiente marcado pelas rápidas mudanças no quadro mundial da economia. Esta realidade torna muitas empresas com características inovadoras mais competitivas no mercado em que atuam.
A decisão pela implantação de novas tecnologias é um processo através do qual um indivíduo conhece uma inovação, forma a opinião, rejeita ou adota uma nova ideia, e confirma esta decisão.
O uso de novas tecnologias leva o crescimento do setor como um todo, tanto pela industrialização dos meios necessários quanto pela sua execução. Por meio de ferramentas e equipamentos apropriados às atividades, sejam eles de execução do produto, ou de caráter administrativo, tem-se como consequência um produto final de melhor qualidade e a um menor custo.
Uma das dificuldades encontradas na implementação de novas tecnologias é a falta de padronização de seus materiais e componentes como um dos grandes entraves ao desenvolvimento do setor.
Outro problema encontrado é o conhecimento, por causa da dificuldade vivida pelos engenheiros das construtoras brasileiras em obter informações mais consistentes dos exportadores. Mesmo depois de alguns anos de introdução de uma nova tecnologia, os técnicos envolvidos não têm o completo domínio do processo de produção.
Outras barreiras podem ser identificadas como os processos administrativos complexos, financeiros, ênfase exclusiva na redução de custos e resistência por parte dos colaboradores e a dúvidas quanto à qualidade de novos produtos.
O setor da construção civil é considerado tecnologicamente atrasado. Por outro lado, cada vez mais as empresas brasileiras estão introduzindo em seus canteiros, inovações tecnológicas que aumentam sua produtividade, racionalizam processos construtivos, reduzem o consumo de materiais e agilizam o serviço através de um melhor aproveitamento dos mesmos, além de promover condições seguras na realização das atividades.

Leia na biblioteca do ENGENHARIA COMPARTILHADA:

© 2013 - Todos os direitos reservados DIAGRAMA MARKETING EDITORIAL


Loading