Logotipo Engenharia Compartilhada
Home Notícias Home office e as oportunidades para engenheiros civis
MIND SETTING

Home office e as oportunidades para engenheiros civis

Cimento Itambé - Junho 2020 404 Visualizações
Home office e as oportunidades para engenheiros civis

Olhar flexível, resiliência e adaptatividade são características que beneficiam os engenheiros no mercado de trabalho. Crédito: Banco de Imagens 
 

Em webinar promovido pelo Instituto de Engenharia, a psicóloga Cynthia Mastropacha sinaliza caminhos para que os profissionais da engenharia civil enxerguem na pandemia de COVID-19 “janelas de oportunidades”, a fim de abrirem novos caminhos profissionais e se reinventarem dentro da atividade. Na palestra, intitulada “Como se preparar para um novo normal profissional”, a especialista, que também exerce a função de coach de carreira, cita que o primeiro passo é se relacionar de forma diferente com a tecnologia.

“O mundo está online e todos os setores precisam diminuir a resistência e se adaptar às mudanças que se impõem. Um exemplo: antes da pandemia, as empresas tinham resistência ao home office. Hoje, todos já percebem que esse modo de trabalho remoto veio para ficar. Ou seja, paradigmas estão se renovando, tanto para as empresas como para os colaboradores e a sociedade em geral. Tudo mudou. De hábitos de consumo, a negócios, estudos, trabalho, saúde, higiene, religião, lazer, relacionamentos e ações de solidariedade”, diz.

Sobre a engenharia e suas ramificações, a coach avalia que a pós-pandemia deve gerar alternativas novas de atuação dentro da carreira. “É importante mapear oportunidades profissionais, pois novos modelos de atuação devem surgir dentro da carreira com a pós-pandemia. Por isso, é necessário buscar a inovação, pois a imprevisibilidade do momento requer repensar os formatos atualmente em prática. Consequentemente, o novo normal profissional vai mudar o comportamento do mundo corporativo”, avalia.

Empresas também serão desafiadas a oferecer oportunidades a jovens engenheiros

Dentro da palestra, Cynthia Mastropacha realça qual o perfil dos que podem aproveitar as janelas de oportunidade. “Vai se destacar o profissional que sabe se autogerenciar. Por outro lado, estará ainda mais valorizado o trabalho em equipe”, afirma. A psicóloga ressalta também que os desafios estão colocados e que, nesse ambiente, os engenheiros civis e os demais profissionais de engenharia são peças importantes no mercado de trabalho para encontrar novas soluções.

A especialista vê mais um ponto a favor dos engenheiros com as mudanças causadas pela COVID-19. “Nas empresas, o foco será em resultados e não em controle de tarefas. Enfim, novas regras, novas formas de trabalhar e um novo mundo corporativo vão surgir a partir dessa pandemia. Por isso, os engenheiros terão papel importante. O profissional da engenharia tem um olhar mais flexível, mais resiliente e mais adaptativo, além de uma mentalidade de solução que o momento atual exige”, comenta. 

Perguntada se os jovens profissionais que estão entrando no mercado de trabalho encontrarão mais ou menos oportunidades na nova realidade, Cynthia Mastropacha entende que isso vai depender das empresas conseguirem desenvolver departamentos de RH mais estratégicos. “Já vejo isso em startups e nas corporações que atuam em novos negócios. A empresa é um ecossistema e a oferta de novas oportunidades gera um círculo virtuoso para a própria companhia”, conclui.

Assista ao webinar “Como se preparar para um novo normal profissional”

https://vimeo.com/423292312

Entrevistado
Reportagem com base no webinar “Como se preparar para um novo normal profissional”, concedido pela coach Cynthia Mastropacha ao Instituto de Engenharia

Contato
atendimento@iengenharia.org.br
www.cynthiamcoach.com.br
www.youtube.com/channel/UCso5RlWuTdPJ1M7JYKUUaUA/videos

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330