Logotipo Engenharia Compartilhada
Home Notícias Mineração destaca busca por aproximação com comunidades
Eventos

Mineração destaca busca por aproximação com comunidades

Diário do Comércio - 08 de outubro de 2021 455 Visualizações
Mineração destaca busca por aproximação com comunidades

CRÉDITO: ARQUIVO DC

O Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) iniciou ontem a 20ª edição da Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (Exposibram). Um dos pontos enfatizados durante a abertura foi a importância da aproximação da atividade com as comunidades.

O evento, realizado virtualmente pelo segundo ano consecutivo devido à pandemia da Covid-19, reúne lideranças da mineração e especialistas brasileiros e internacionais para discutir os desafios do setor e é considerado uma oportunidade de partilha de conhecimento e rodadas de negócios entre as empresas participantes.

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, lembrou na solenidade de abertura que a Exposibram figura no calendário como o evento mais importante do setor e enfatizou, ainda, a expressiva presença do minério no Estado.

“A mineração é tão importante para nosso Estado que Minas Gerais é o único Estado do Brasil que tem seu nome ligado a essa atividade econômica. Nós somos grandes produtores e exportadores de minério de ferro, de nióbio e de vários outros minerais”, comentou Zema.

Ainda de acordo com o governador, hoje o Estado tem como desafio a diversificação econômica e geração de produtos com maior valor agregado. “Esse é um desafio que une órgãos governamentais e empresas e se torna mais urgente no contexto da veloz transformação digital que vivemos”, disse o governador do Estado de Minas Gerais em relação ao futuro da mineração.

Wilson Brumer, presidente do Conselho Diretor do Ibram, afirmou que um dos desafios atuais da mineração é se aproximar das comunidades e trazer a comunidades e trazer a comunidade para perto da mineração, além de propiciar um ambiente adequado para que os fornecedores e stakeholders também possam crescer com a mineração.

“Eu queria incentivar a todos que estão acompanhando essa abertura que se juntem a nós do Ibram. Nós temos feito um enorme esforço para que a mineração seja cada vez mais reconhecida e possa contribuir para o crescimento do nosso País, gerando renda, emprego e desenvolvimento econômico e social”, afirmou Brumer.

Movimentação econômica

De acordo com o último balanço divulgado pelo Ibram e que deve ser atualizado com os números de agosto ainda durante o evento, o País registrou um aumento de cerca de 2% na produção mineral no 1º semestre de 2021 quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

Contudo, o principal índice de destaque está relacionado ao faturamento do setor mineral, já que houve um aumento de 98% da receita brasileira sobre o produto. Para se ter ideia da diferença, enquanto no primeiro semestre de 2020 o faturamento do setor chegou a R$ 75,3 bilhões, somente no primeiro semestre de 2021 o valor registrado foi de R$ 149 bilhões, uma variação que o Ibram aponta como resultado da variação cambial e da valorização dos preços internacionais de minérios, principalmente o minério de ferro, que, isolado, representa a arrecadação de R$ 107,5 bilhões no ano atual.

Segundo a publicação do Ibram, somente Minas Gerais registrou crescimento de 122% no faturamento com o minério, sendo que o Estado saltou de R$ 27,6 bilhões no primeiro semestre de 2020, para R$ 61,4 bilhões nos seis primeiros meses de 2021.Conforme destacado pelo Ibram, essa realidade é decorrente não somente pelo aumento da produção, mas pela retomada de operações.

Hoje, Minas Gerais contribui com uma parcela de 41% no faturamento total do País, que, no ano passado, em relação ao primeiro semestre, correspondia a 37%.