Logotipo Engenharia Compartilhada
Home Notícias Tendências da construção civil em 2021
Opinião II

Tendências da construção civil em 2021

Portal da Cidade - Janeiro 2021 210 Visualizações
Tendências da construção civil em 2021

O futuro da construção civil no Brasil passa pela digitalização dos processos

A construção civil é responsável por quase 10% do PIB do Brasil e gera mais de 10 milhões de empregos, mas ainda assim somos um dos países com menor nível de inovação tecnológica no setor.

Em 2021, vamos ver a construção civil brasileira seguir os passos de países que estão avançados em relação a adoção de tecnologias e transformação digital. A indústria 4.0 já é uma realidade e está aí unindo o mundo físico, o digital e o biológico através de várias tecnologias atuando de forma integrada. O fato é que ela não está igualmente distribuída em todos os territórios, ficando mais concentrada nas grandes metrópoles e centros econômicos do país.

O movimento de descentralização é que vai ficar mais evidente a partir de agora e algumas regiões, por mais distantes dos principais conglomerados, podem sair na frente e se posicionar como ilhas de inovação.

O futuro da construção civil no Brasil passa pela digitalização dos processos, pela utilização de softwares de edificação que conseguem modelar todos os passos e até prever o que pode dar errado na obra, pela adoção de sistemas de gerenciamento que otimizam as etapas da construção. E tem muito mais chegando por aí.

Drones e impressão 3D estão vindo para transformar os canteiros de obra, permitindo a modelagem de peças e estruturas personalizadas para o projeto, com materiais mais leves e resistentes. Sem falar nos sensores que podem ser utilizados em roupas e equipamentos de proteção dos trabalhadores para garantir a segurança deles.

Robôs e máquinas com inteligência artificial vão começar a fazer parte do cotidiano da construção civil. Processos automatizados vão reduzir a necessidade de mão de obra, os índices de erros e retrabalhos. As etapas vão ficar mais rápidas e isso impacta positivamente nos custos para o cliente e na lucratividade da empresa.

Outra questão relevante é a sustentabilidade. Por muito tempo, a construção civil foi uma área relacionada a impacto ambiental. A agenda sustentável já faz parte das empresas do setor, mas deve ser ainda mais forte este ano, com a busca de opções menos poluentes, redução de produção de resíduos, destinação correta dos resíduos das obras e a implementação de tecnologias exigidas pelo mercado consumidor.

Vamos ver cada vez mais projetos incorporando opções como painel solar, cisternas para captação e reaproveitamento de água de chuva, telhados verdes, tijolos ecológicos, bioconcreto e jardins verticais para regulagem de temperatura.

A construção civil vai se consolidar em 2021 como indústria 4.0 com todas as vantagens que a tecnologia e a inovação trazem para o setor. As empresas que agirem rápido, investirem em conhecimento, informação e formação das suas equipes vão sair na frente e com larga vantagem.

Ramiro Azambuja
Diretor-Presidente da EMHaA Construtora e Incorporadora